A artrose no joelho é uma doença complexa, cuja patogenia envolve diversos fatores que interagem entre si e determinam o processo de deterioração da cartilagem.

Um fator que pode ter grande relevância para alguns pacientes é o fator genético. Desde a década de 50 os cientistas sabem que certos casos de artrose no joelho estão relacionados a um forte componente genético. Como a expressão gênica, nesses casos, não segue o padrão mendeliano, sabe-se que existem vários genes que interagem entre si e provocam a degeneração condral.

No presente momento o aspecto genético da doença não é ainda profundamente conhecido, mas vários estudos em andamento no mundo indicam que num futuro próximo exames genéticos poderão determinar o tratamento indicado para cada paciente com artrose no joelho.

Existem famílias onde é comum as pessoas terem artrose no joelho. Por isso é muito importante você conversar com os seus familiares sobre o assunto e ver como a doença se manifesta nos seus parentes vivos e como se manifestou nos seus antepassados. O padrão genético tende a se repetir de uma geração para outra.

Veja também:

DOR NO JOELHO? PODE SER O NERVO CIÁTICO!

SÍNDROME DA FABELA

DOR NO JOELHO À NOITE

JOGADORES DE FUTEBOL NÃO GOSTAM DA GRAMA SINTÉTICA

O QUE É ARTROSCOPIA?

CIRURGIA DE MENISCO DO JOELHO

O QUE ACONTECE SE VOCÊ NÃO OPERAR O SEU JOELHO?

PATELA BIPARTIDA

SUBCONDROPLASTIA

SINOVITE NO JOELHO

 

AGENDAMENTO DE CONSULTAS

Telefone: (41) 3121-8787

WhatsApp: (41) 98824-3384

Email: [email protected]

Agendar consulta: CONSULTAS

Convênios médicos: PLANOS DE SAÚDE

Formulário: FALE CONOSCO

Consultórios: NOSSA LOCALIZAÇÃO

Conheça Curitiba: CURITIBA