SEMENTES DE SUCUPIRA

Sementes de SUCUPIRA.

Existem inúmeros tratamentos populares para a ARTROSE DO JOELHO. Todos eles não funcionam porque não regeneram a cartilagem hialina que se desgastou. Um, em particular, é muito usado no Brasil: a semente de sucupira. Mas a maioria das pessoas desconhece que A SEMENTE DE SUCUPIRA NÃO É LIBERADA PARA CONSUMO HUMANO.

Segundo a ANVISA ( Agência Nacional de Vigilância Sanitária ), são chamados de FITOTERÁPICOS os medicamentos obtidos a partir de plantas medicinais. Para ser classificado como fitoterápico o produto precisa ter efeitos terapêuticos comprovados, composição padronizada e fornecer segurança de uso para a população. A SEMENTE DE SUCUPIRA NÃO CUMPRE ESSAS EXIGÊNCIAS DA ANVISA.

Há anos a sucupira é usada popularmente na forma de chá como suposta aliada no combate de artrite, inflamações, diabetes e câncer de próstata. Entretanto, ainda NÃO EXISTE NENHUM ESTUDO CIENTÍFICO QUE COMPROVE A EFICÁCIA DE SUAS SEMENTES EM SERES HUMANOS. Segundo a Dra. Mary Ann Foglio, coordenadora da pesquisa “Produtos Naturais Bioativos” pela Unicamp, a semente de sucupira não é segura para consumo humano. De acordo com a Dra. Mary Ann, por se reproduzir em várias regiões do país, são diversas as espécies existentes da semente. Logo, é possível encontrar distintas composições. Ao serem consumidas, cada uma delas pode gerar então comportamentos diferentes, inclusive sérios danos à saúde, como a intoxicação.

“As pessoas que relatam fazer uso do chá podem, sim, ainda não terem tido nenhum problema de saúde, já que as substâncias usadas na bebida não são solúveis em água. Isso faz com que o conteúdo tenha então uma concentração muito pequena das propriedades da semente, podendo não causar toxidade aguda – envenenamento -, mas também nenhum benefício. Entretanto, O USO REPETIDO PODE GERAR UMA TOXIDADE CRÔNICA, que costuma vir disfarçada de diferentes patologias, principalmente no caso de idosos”, explica Mary Ann.

Não à toa, A SEMENTE DE SUCUPIRA NÃO É UM FITOTERÁPICO LIBERADO PELA ANVISA, que também reprovou a produção de qualquer medicamento cuja composição contenha tal substância. “Produtos feitos à base de plantas podem fazer muito estrago”, alerta a pesquisadora.

O chá de sucupira é muito difícil de fazer e o seu consumo pode ser arriscado, uma vez que dificilmente a pessoa tem conhecimento exato do tipo de semente utilizada. Além do chá muitas vezes não trazer nenhum benefício, pelo fato das substâncias presentes na bebida não serem solúveis em água, o seu uso frequente pode causar intoxicação crônica. As cápsulas de sucupira à venda atualmente quase sempre são produzidas por empresas que não possuem registro do produto na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) nem autorização para produzi-lo. A semente de sucupira não é um fitoterápico liberado pela ANVISA e a sua utilização em qualquer medicamento está proibida. Antes de tomar qualquer tipo de medicamento é preciso verificar se o mesmo encontra-se registrado na ANVISA.

Veja também:

POR QUE A GOTA ATACA O JOELHO?

5 FATOS IMPORTANTES SOBRE ARTROSE NO JOELHO

SUBCONDROPLASTIA

CIRURGIA DE MENISCO DO JOELHO

USO DO TENS PARA O JOELHO

LEITE É BOM PARA MULHERES COM ARTROSE NO JOELHO

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA É ESSENCIAL PARA AVALIAR O JOELHO

CARTILAGEM DO JOELHO NÃO SE REGENERA

JOELHO QUE SAI DO LUGAR

QUANTO CUSTA UMA CIRURGIA DE JOELHO?

 

AGENDAMENTO DE CONSULTAS

Telefone: (41) 3121-8787

WhatsApp: (41) 98824-3384

Email: [email protected]

Agendar consulta: CONSULTAS

Convênios médicos: PLANOS DE SAÚDE

Formulário: FALE CONOSCO

Consultórios: NOSSA LOCALIZAÇÃO

Conheça Curitiba: CURITIBA